Venda de pinhão está proibida no Paraná até o dia 15 de abril

A comercialização do pinhão está proibida até o dia 15 de abril em todo o estado do Paraná. A portaria 043/2010 do Instituto Ambiental do Paraná, IAP, determina que a colheita do pinhão seja realizada somente após esta data, considerada a época em que ocorre o desprendimento natural da pinha.
O comandante do Batalhão de Polícia Ambiental do Paraná, Força Verde, coronel Rosa Neto, destaca a importância do prazo. “Este processo propicia a proliferação da espécie e também serve de alimento para animais e aves, que tem nesse período somente o pinhão como forma de alimentação”, disse.
Os consumidores estão sendo orientados a não comprarem pinhões que apresentem a coloração verde ou que sejam muito pequenos. Isto caracteriza a retirada antes do período de maturação.
Além da colheita, o IAP está restringindo também o corte das araucárias. Até o final do mês de junho as árvores com pinhas e de mata nativa não podem ser derrubadas.
A Polícia Ambiental está realizando fiscalizações e retirando do comércio o pinhão encontrado.
Quem for flagrado comendo pinhão irregular pode ser multado e pagar multa de R$ 300,00 por quilo de pinhão apreendido. O responsável poderá responder por ação penal junto ao Ministério Público. A pena varia de seis meses a um ano de detenção.
*Com informações da ascom.

(Fonte:Danielle Jordan / Ambientebrasil )


Outras Notícias...
Escolha o ano para ver as noticias anteriores

 
Links relevantesAgendaGlossário

© 2004 Conselho Nacional Reserva da Biosfera da Mata Atlântica

Rua do Horto, 931 - Horto Florestal
CEP 02377-000 - São Paulo - SP
+ (55 11) 2208-6080 / 2208-6082
secretaria@rbma.org.br | cnrbma@rbma.org.br | cnrbma@uol.com.br

Mercado Mata Atlântica - RBMA:
E-mail: mercado@rbma.org.br