Imbassaí ganha ONG para Gestão Social

Desde dezembro de 2005 as ações do Programa Ciranda - projeto social criado pela Reta Atlântico Brasil - estão sendo desenvolvidas pelo Instituto Imbassaí. A organização Não Governamental tem como objetivo prioritário promover o desenvolvimento do local e de comunidades próximas através da educação profissionalizante, cidadania e preservação ambiental. "A ONG deve se tornar autônoma e funcionar como um instrumento de gestão social, a partir da semente que estamos plantando com as ações do Programa", diz Pedro Dias, Diretor da Reta Atlântico e Vice-Presidente do Instituto.

Ele esteve na Bahia no dia 3 de agosto de 2006 para participar da inauguração do Centro de Capacitação da Reserva Imbassaí, evento que contou também com os diretores Paulo Seixas e Pedro Oliveira e com o Secretário de Planejamento de Mata de São João, Luiz Humberto, além da presença de representantes da Superintendência de Investimentos Turísticos e de diversos líderes da comunidade. Na ocasião, foi realizada uma exposição de fotos e de produtos artesanais confeccionados por pessoas atendidas dentro do Programa Ciranda.

"Acredito que o Instituto vá ajudar Imbassaí a se posicionar melhor e com mais destaque no Litoral Norte, pois nossa comunidade tem capacidade para isto, mas precisamos de apoio para deslanchar", afirma a professora Áurea Araújo, moradora da região e instrutora do Programa Ciranda. "Eu mesma fui beneficiada porque passei a divulgar mais meu trabalho como artesã", completa. Além do trabalho com artesãos, mulheres, jovens e crianças da região, o Programa atualmente engloba duas iniciativas de geração de renda - apicultura e fomento à produção de adubos através de resíduos orgânicos.

Centro de Capacitação - No mesmo terreno onde fica a sede do Instituto, uma área de dois mil metros quadrados no Distrito de Imbassaí, passa a funcionar o Centro de Capacitação da Reserva Imbassaí, um espaço composto por uma sala de aula e uma sala de informática com computadores conectados à internet banda larga. No ano passado, a Reta Atlântico, em parceria com Secretaria Estadual do Trabalho e Ação Social e o Senai capacitaram 400 pessoas para atuarem como pedreiro, instalador elétrico, pintor, servente de obras e carpinteiro. Muitos destes profissionais estão trabalhando na obra da Reserva Imbassaí.

Localizado em uma área de dois mil metros quadrados, o centro é resultado de um investimento de R$120 mil, segundo o consultor sócio ambiental da Reta Atlântico, Francisco Oliveira. Inicialmente, o centro servirá para abrigar projetos de ensino em educação ambiental, informática, inglês e alfabetização para todas as idades, além de cursos voltados a profissões de base no setor hoteleiro, a exemplo de camareiras, garçons, mensageiros, cozinheiros e recepcionistas, todos direcionados às comunidades carentes de Mata de São João.

"Ao mesmo tempo em que ajudamos as pessoas das localidades, recebemos mão-de-obra qualificada para atuar na Reserva Imbassaí", explica Pedro Dias sobre a proposta do novo espaço. "Na verdade, o centro será uma ferramenta a mais para projetos que já vínhamos tocando dentro do Programa Ciranda e estamos abertos para fechar convênios que envolvam outros projetos de capacitação e que queiram utilizar estas instalações", acrescentou.

www.institutoimbassai.org.br

 
Links relevantesAgendaGlossário

© 2004 Conselho Nacional Reserva da Biosfera da Mata Atlântica

Rua do Horto, 931 - Horto Florestal
CEP 02377-000 - São Paulo - SP
+ (55 11) 2208-6080 / 2208-6082
secretaria@rbma.org.br | cnrbma@rbma.org.br | cnrbma@uol.com.br

Mercado Mata Atlântica - RBMA:
E-mail: mercado@rbma.org.br